2010-07-14

O IMPERIALISMO CUBANO NA VENEZUELA



Peña Esclusa: Cuba se faz de sonsa
Klauber Cristofen Pires

14 Julho 2010





A prisão de Alejandro deve ser conhecida e sentida como um fio na espinha por todos os brasileiros. É o nosso destino, caso não façamos nada. Com certeza, a Sra. candidata Dilma Roussef vai fugir deste embate como o diabo da Cruz.



Para quem já viu o flagrante do jornalista Aluízio Amorim, a denunciar que nenhum dos jornais brasileiros divulgou a importantíssima notícia da prisão do Sr. Alejandro Peña Esclusa, o maior líder da oposição venezuelana, vale dar uma olhada nos periódicos oficiais cubanos: necas de pitibiribas!



É preciso aqui fazer algumas explicações ao leitor mais leigo no assunto: Para o Granma, a Venezuela passou a ser mais um território cubano, de tal forma que ela apresenta permanentemente as notícias mais importantes daquele país. Em menor escala, também divulga notícias oficialescas do Equador, Bolívia, Paraguai, Argentina, e quem mais? Do Brasil da Dilma, claro...



O caso é que, conforme bem noticiado pela Sra. Graça Salgueiro, por meio do seu blog Notalatina, as coisas, como são, guardam todos os indícios de que a ordem para a prisão de Esclusa teria partido dos Castro, assim como novas porvindouras naquele país. Não era à toa, como já prevista, a vinda de um dos mais cruéis representantes do regime comunista ilhéu, o general Ramirez Valdés.



Todavia, visitei o Granma, o Juventud Rebelde, o "Anti-Terroristas" (imagine!), e os regionais, como o Adelante, Ahora, Sierra Maestra, Habanero e outros, e constatei o mais absoluto silêncio sobre o assunto, de tal forma que não é preciso ser um especialista para concluir que Cuba intenta com isto, "mal e porcamente", disfarçar sua interferência no país sul-americano. É como se dissesse: "- É mesmo? Esclusa foi preso? Ah, mas poxa, hein? E nós que pensávamos que ele era tão bonzinho...metido com terroristas...olha lá...não se pode elogiar mais ninguém..."



Este "metido com terroristas" tem uma história, esta sim, publicada no Granma e retirada da página principal pouco antes da prisão de Esclusa: Venezuela captura a terrorista, referindo-se à prisão de Francisco Chávez Abarca em território venezuelano que, segundo aquele periódico, teria ligações com Posada Carriles, salvadorenho acusado de ser um ativo terrorista contra o regime cubano.



A prisão de Alejandro deve ser conhecida e sentida como um fio na espinha por todos os brasileiros. É o nosso destino, caso não façamos nada. Com certeza, a Sra. candidata Dilma Roussef vai fugir deste embate como o diabo da Cruz, e se prensada contra a parede, ela e Lula vão afirmar, como fizeram recentemente com os sofridos prisioneiros políticos cubanos, que não têm o que se meter nas "leis" daquele país. Não ponho fé diferente no Serra. Não custa lembrar que Hugo Chávez tem feito propaganda ostensiva a favor de Dilmita.

Nenhum comentário: