2010-04-02

PAC, programa de aceleração da criminalidade

Criminosos comemoram espetáculo do crescimento da criminalidade na era LULA


Escrito por Emmanuel Goldstein

Ter, 30 de Março de 2010 19:00

A facção progressista Rede Desarma Brasil – uma rede de Organizações não governamentais financiadas pelo (des)governo – e a Associação Nacional de Militantes dos Direitos dos Bandidos comemoraram hoje o sucesso absoluto do Programa de Aceleração da Criminalidade (PAC) do Governo Federal.

Os dados do Mapa da Violência 2010, divulgado nesta terça-feira (30/03/10), mostram que, de 2002 a 2007, o Brasil registrou um crescimento espetacular no número de assassinatos em quase todo o País.


“Os elevados índices de crescimento de homicídios na maioria dos estados brasileiros demonstram o sucesso cabal do Estatuto do Desarmamento (Lei nº 10.826/03)”, declara o porta-voz da ONG VIVA BANDIDO.

Para o diretor executivo do INSTITUTO SOU INCAPAZ, o espetáculo do crescimento da criminalidade na era LULA é fruto da vasta incompetência do Governo Federal: “Esse é um fator que demanda bastante atenção, porque não só é grave a falta de competência desse governo, mas também ajuda a evidenciar a cara-de-pau dos aloprados do PT. A população nordestina deve agradecer ao poder executivo federal pelo aumento de assassinatos na era LULA”, afirma.

Confira a tabela com a evolução do número de homicídios no (des)governo Lula:

Com a entrada em vigor do novo Estatuto do Desarmamento, que torna mais rígidas as penas por posse e porte de armas de fogo, e a Campanha do Desarmamento, de entrega voluntária de armas, os bandidos passaram a ter a segurança de que não haveria reação.
“É evidenti qui ninhun bandidu entregô çua arma companheru. Aondi já si viu? Já eh proibidu robá i nóis róba. Já eh proibidu matá i nóis mata. Eu tive qui trabaiá muito pra comprá meu primeiru fuziu. Voçê axa qui nóis vamu obdc éça lei idiota do desarmamentu camarada?”, disse um líder criminoso da Rede Desarma Brasil.


“Apesar do Estatuto do Desarmamento garantir a prática do crime seguro e de qualidade, o governo precisa avançar mais. Muito mais pode ser feito. Precisamos confiscar as armas de todos os cidadãos. Com a ajuda da ONU, da Fundação Ford e da rede de ONGs financiadas com o dinheiro dos otários público, nós vamos lançar uma campanha para comprar coletes à prova de balas para todos os bandidos”, conclui a diretora da ONG INJUSTIÇA GLOBAL.

http://www.vanguardapopular.com.br/portal/noticias/141-criminosos-comemoram-espetaculo-do-crescimento-da-criminalidade-na-era-lula

Nenhum comentário: