2010-04-06

O SUBMUNDO DE DILMA ROUSSEFF STALIN CASTRO

Por Reinaldo Azevedo 

marxterminador

UM MUNDO BÁRBARO

terça-feira, 6 de abril de 2010 | 22:20
Existe um troço na Internet chamado “Blog da Dilma” que se diz “O maior portal de Dilma Rousseff na Internet”. Huuummm… Pode até ser. Com certeza, não é o mais bem-remunerado, né? Há gente com contratos verdadeiramente milionários. A turma da candidata do PT faz de conta que não tem nada a ver com o “portal”, mas deixa que a turma bote pra quebrar na rede. O objetivo não é ter leitores, mas funcionar um pequeno centro irradiador de difamação. Aquele cabeludo que agora cuida dessa área para Dilma acha isso tudo um horror, claro. Vocês sabem como essa gente é ética.
Pois é… Reproduzo trecho de um post publicado no “Blog da Dilma” no dia 5. Vai como está lá. Eis os sentimentos que estão sendo mobilizados por essa grande liderança.
*
Os meios de comunicação do mundo burguês se levantam com uma força tremenda contra Cuba e especialmente contra a revolução socialista, que triunfara em primeiro de janeiro de 1959.
Por que os corações bondosos das classes burguesas, representadas pela mídia se levantam tão “dignamente” contra a “ditadura” de Fidel Castro? O motivo não poderia ser outro, a causa é o “regime do ditador” culpado pela morte de um preso comum, que rebelado contra um sistema que não respeita os direitos humanos teve que sacrificar a própria vida em nome da liberdade plena da humanidade. Essa é a nobre causa, pela qual, lutam a burguesia e a mídia internacional.
Estarão com a razão? A bíblia relata que Jesus Cristo ao passar por uma estrada se deparou com um homem muito doente caído à margem, ao mesmo tempo observou que as pessoas passavam e não faziam nada para ajudá-lo e, eram exatamente aquelas que mais falavam de caridade de paz e de justiça. Vendo aquela sena, Jesus bradou com todo a força de sua alma, disse ele: “vocês são hipócritas falam de justiça, mas não fazem nada para ajudar a esse homem, verdadeiramente vocês são como túmulos bonitos por fora, mas podres por dentro”.
Assim como aqueles de quem Jesus reclamava, a caridosa burguesia e sua e sua alma, a mídia, sempre está a falar de justiça e dignidade humanas, mas a sua pregação em nada se difere de um tumulo, bonito apenas por fora.
Cuba aquele país pequenino, cuja mídia burguesa, denomina de país do ditador Fidel Castro foi capaz em 50 anos de acabar com o analfabetismo, de criar um sistema de saúde de excelência e, sobretudo gratuito para todos os cubanos; a ilha de Fidel Castro, como diz a mídia imoral, além de conseguir vitórias materiais como as que acabamos de citar foi muito além, criou valores sólidos que são inalcançáveis pela sagrada ética da empresa chamada imprensa.
(…)
E por aí vai. A gramática me comoveu mais do que o conteúdo. O trecho estupidamente encantador é este: “Cuba aquele país pequenino, cuja mídia burguesa, denomina de país do ditador Fidel Castro…” E que fique claro: essa é só a versão analfabeta da política conduzida por Celso Amorim.
É um mundo bárbaro!

Um comentário:

José de Araujo Madeiro disse...

Tia Cê,

A linha de atuação é essa. As pessoas livres e responsáveis devem enfrentar às ditaduras, como um trabalho transcental e de eterna vigilância. A liberdade foi a maior conquista do homem, através dos tempos e sob sacrífio de muitos heróis, em especial do nosso maior símbolo espiritual: Jesus Cristo. E através dela tem enfrentado todas as mazelas humanas, sobretudo o subdesenvolvimento tanto material como espiritual da humanidade.

E este é o nosso mundo. A cultura ocidental. Quando vemos avanços imensuráveis em todos os campos das ciências, sem falar do respeito aos direitos humanos.

Todas ditaduras vão para o retrocesso, quando alguém se pressupõe ser o expoente do conhecimento humano e ser o único capaz de conduzir o destino de uma nação ou da humanidade.Homem algum pode ser maior que Jesus Cristo e isto é um paradigma instransponível, para seu colega de profissão, Assim pensaram um tal como do Hitler, do Stalin, do Mao Tsé Tung. Ainda persiste o Fidel Castro, tentando submeter à América e deixá-la submissa à Cuba. Todos eles se acham acima do bem e do mal e que podem submeter os demais seres humanos às suas vontades, até mesmo ter o poder de realizar fuzilamentos. Em Cuba, por exemplo foram fuziladas l7 mil pessoas de forma submária.Depois de cessados os confrontos revolucionários.

Por isto temos que reagir às ditaduras, enquanto estivermos vivos, pouco devemos nos importar com que possa acontecer com as nossas pessoas. Vamos devender a nossa liberdade como a maior herança deixada pelos nossos pais e antepassados.

Alguém entrou no meu blog Brasil Republicano e apagou a nossa matéria de ontem, por que apresentamos um texto do General Augusto Heleno e fizemos alguns comentários em apoio.

Parece-nos que estamos sendo vigiados, talvez por algum puxa-sacos da Dilma e do Lula. Porém isto não vai fazer temer represálias e iremos continuar o nosso trabalho.

O petralhas, como está previsto no Foro de São Paulo e ações tanto no meio internacional e nacional do Lula e seus assessores, pretendem destruir o Brasil, implantar a uma ditadura, através da corrupção, das libertinagens, tráfico de drogas, violências nos campos pelo MST, etc.

Eles querem nos impor uma ditadura da esquerda escocesa, para passarem bem às custas do povo e acabar com a classe média, a mais operosa da nação e do nosso país. Então, devemos reagir.

Chega de Petralhas!

Att. Madeiro