2010-02-23

Dilma, o Robocop Bolchevique

Dilma Rousseff é a candidata de Hugo Chávez
Escrito por Emmanuel Goldstein
Ter, 23 de Fevereiro de 2010 01:00
O ditador megalomaníaco líder progressista da Venezuela, Hugo Chávez, voltou a apoiar o nome da camarada Dilma Rousseff para presidente da Coréia do Norte. “Dilma será a próxima presidente da Coréia do Norte, ela foi parte da esquerda terrorista revolucionária dos anos 60 e recebeu treinamento para guerrilha no Uruguai”, afirmou Chávez.

Leia mais...
A legitimidade do Estado - uma argumentação histórico-dialética
Escrito por Servidor Público Federal
Sex, 19 de Fevereiro de 2010 13:20
Pretendo explicar os motivos que legitimam a existência de um Estado e porque são os homens que reduzem a liberdade estatal, e não o contrário. É uma questão de origem histórica, camaradas, que ficará mais clara a partir de agora. Qual dos brasileiros é capaz de dizer que, ao nascer, não existia um Estado anteriormente? E qual pode dizer que não havia um Estado antes mesmo de seus pais ou seus avós? Ninguém no mundo pode afirmar tamanha asneira, o que prova que o Estado existe desde sempre.
Leia mais...
Dilma Roussef para Presidência da República!
Escrito por Emmanuel Goldstein
Dom, 14 de Fevereiro de 2010 02:30
Camaradas, o maior líder progressista do mundo - Kim Jong-il - já não está bem das pernas. Sabemos que ele nunca foi muito bom da cabeça e por isso precisamos encontrar alguém a altura para substituí-lo.
Li outro dia uma entrevista concedida à Folha pela camarada Dilma Rousseff. Ela afirma com todas as letras: “minha cabeça não é confiável”. Sei que a camarada sempre foi uma guerrilheira marxista-leninista de primeira. Diante disso concluí que ela reúne todas as características revolucionárias para substituir nosso "querido líder", Kim Jong-il.

Leia mais...
http://www.vanguardapopular.com.br/

4 comentários:

José de Araujo Madeiro disse...

Tia Cê,

O homem existe na terra há cerca de três milhões de anos.Há cerca de 15 mil anos, começou a organizar-se em sociedades, sómente depois começou a formar os estados, tendo os imperadores e os reis, de heranças, como gestores.

Então o homem apareceu na terra muito antes do estado, quando era livre, nômade e vivia nas cavernas, por isso ele antecede ao estado e como tal deve prevalecer, como o direito natural.

Após formar e conviver em sociedades, começou a formar leis, para regular costumes.

A partir do Egito, o homem começou a desenvolver à cultura ocidental e a democracia a partir da Grécia e Roma Antigas e formação republicana das sociedades ocidentais consolidadas, depois da Independência dos Estados Unidos em l776, se não me engano, e da Revolução Francesa, em l794.

No Brasil o processo de independência iniciou-se com expulsão dos holandeses, em 1624, se me recordo, tendo ganhado força com vinda de D. João VI em 1808, quando o Brasil deixou de colônia e consolidou-se com a proclamação da república, em 1889, deixando de ser império, com a deposição pacífica, negociada e sem reação de D.Pedro II.

Então nossa história é recente, temos uma nação multiétnica, pluralista e democrática de pouco tempo.Porém de vez em quando aparecem essas topeiras tipos Prestes, Lula, Dirceu, Dilma e outros a chafurdar à nossa história e tentar nos impor retrocessos.

Mas devemos estar alertas e atentos para não deixar que essas tramóias não tenham sucessos.

Att. Madeiro

Tia Cê, a Luz emana de mim disse...

Oh meu querido colega, esse post acima é do humorístico e debochado blog VANGUARDA POPULAR, mas olha, vou votar em Dima sim, Dilma para a capital da coreia do norte.

Tia Cê, a Luz emana de mim disse...

" Athos Barbosa Lima:
ela, sim, é o exterminador do futuro, sem dúvida nenhuma... veja a absoluta falta de expressão (o arnold perdeu feio essa), aquele olhar de peixe morto, aquela boca incapaz de um sorriso (tipo a mandy, das aventuras de billy e mandy, conhece?)..."

Athos Barbosa Lima
eu voto em dilma pra mulher do fred flintstone...
ô, diiiillllmaaaaa!!!!

Athos Barbosa Lima
não, sério agora: mas a dilma parece um robocop bolchevique

José de Araujo Madeiro disse...

Tia Cê,

Fizemos apenas o minúsculo esboço da história humana, para não perder o rumo das conficções e de que estamos tomando a posição que achamos ser absolutamente correta, quando o homem jamais deve estar a serviço do estado forte, mas este ser um estado mínimo, a serviço da sociedade e não de grupos políticos e que chegaram ao poder.

Mas não questão da Dilma, devemos ir um pouco na frente, sem retroagir severamente aos primatas. Devemos procurar convencer o Quasímodo, o Corcunda de Nobre Dame, para aceitá-la como esposa, talvez ela fique mais realizada, menos estressada e mais humana, visto ter conquistado um par ideal.

Att. Madeiro