2009-05-09

DITADURA HUGO CHAVEZ EXPROPRIA 60 EMPRESAS


Ditadura - Chávez comanda expropriação de 60 empresas
Por Fabiano Maisonnave, na Folha:
Diante de centenas de funcionários da PDVSA, o presidente venezuelano, Hugo Chávez, oficializou ontem a expropriação de 60 empresas prestadoras de serviços da área petroleira. A medida ocorre num momento em que várias empresas privadas ameaçavam reduzir ou paralisar os trabalhos por causa do atraso nos pagamentos da estatal petroleira.
"Essas empresas não nos fazem falta. O povo e os trabalhadores vão demonstrar como seremos mais eficientes na administração de nossa indústria", disse Chávez, em cadeia nacional de TV. "Vamos enterrar o capitalismo na Venezuela."
A cerimônia foi feita em uma região de diques às margens do imenso lago Maracaibo (noroeste), principal região produtora de petróleo da Venezuela. Várias das empresas nacionalizadas, ocupadas militarmente desde a madrugada de ontem, estavam instaladas ali e prestavam serviços de transporte aquático, reboque e reparação de equipamentos submarinos.
No discurso, Chávez acusou as empresas nacionalizadas de não cumprir com os direitos trabalhistas, como seguro-saúde, e de atrasar pagamentos.
Chávez também anunciou a expropriação de uma empresa no leste no país especializada em injeção de água nos poços de petróleo, importante para a a manutenção da produção.
Para simbolizar a nacionalização, Chávez entregou kits de uniformes vermelhos da PDVSA a funcionários das empresas nacionalizadas. Todos os barcos e rebocadores que até anteontem eram privados já portavam bandeiras da estatal venezuelana.
Com a incorporação das empresas, a endividada PDVSA aumentou a sua folha de pagamento em 11%, passando, da noite para o dia, de 74 mil para 82 mil funcionários.
Assinante lê mais aqui

Nenhum comentário: