2009-04-19

DILMA, A TERRORISTA QUER SER PRESIDENTE



DILMA, O DOCUMENTO QUE ELA DIZ SER FALSO E O “CRIME DE ORGANIZAÇÃO”
Ficha que a ministra Dilma Rousseff sustenta ser falsa

Publiquei ontem um artigo cujo título é “As primeiras lágrimas eleitorais de Dilma Rousseff”, que segue abaixo. Ela esteve em Belo Horizonte, onde tratou do tal programa (eleitoral) “Minha Casa, Minha Vida”.
Avisou que estados e municípios estão fora da jogada — só entram no cadastramento, como empregadinhos da propaganda oficial — e chorou ao lembrar que é mineira.
Brinco no texto abaixo que está em curso a construção publicitária da “mulher que endurece sem perder a ternura”.
Mas ela também sabe fazer o contrário: “enternece sem perder a dureza”.
Leiam atentamente trecho de reportagem publicada pela Folha. Volto depois.

A ministra Dilma Rousseff (Casa Civil) questionou a autenticidade de um dos documentos referentes à sua prisão pelo regime militar publicado, com outros quatro, em reportagem da Folha no último dia 5. Segundo a ministra, a ficha em que ela aparece qualificada como "terrorista/assaltante de bancos" e da qual consta o carimbo "capturado" sobre a sua foto é uma "manipulação recente". Dilma disse que o documento não consta dos arquivos em que ela mandou pesquisar. "A ficha é falsa, é uma montagem. (...) Estou, atualmente, numa discussão, tentando ver com a Folha de S.Paulo de onde eles tiraram aquela ficha, porque até agora ela não está em nenhum dos arquivos que pelo menos nós olhamos.

Então, ela não é produto nem daquela época, ela é produto recente, manipulado, de órgãos ou de interesses escusos daqueles que praticaram esses atos no passado", disse a ministra em entrevista à radio Itatiaia, de Belo Horizonte.(...)"Eu nunca militei em São Paulo nesse período que eles relatam na ficha. Eu morava em Minas. Tem datas aí [na ficha], de 1968, que eu não só morava aí [em BH] como estudava na Faculdade de Ciências Econômicas da UFMG. Tinha endereço certo e sabido."

Na sua reportagem, a Folha informava, na legenda sob a reprodução do documento, que a ministra não havia cometido crimes a ela imputados. Dilma disse ainda que, embora tenha ficado presa por seis anos, "infelizmente ou felizmente", nunca foi julgada por participação em ações armadas.
"Nunca fui julgada por nenhuma ação armada ou por um assalto a banco, porque as minhas circunstâncias foram essas, não os cometi."(...)"A minha situação fica bastante desagradável para aqueles que defendem ou que houve ditadura branda no Brasil ou que no Brasil havia uma regularidade, naquele período, democrática. Nem uma coisa nem outra. Naquela época se torturava, se matou, se prendeu".(...)"Muitas vezes as pessoas eram perseguidas e mortas... E presas por crime de opinião e de organização, não necessariamente por ações armadas. O meu caso não é de ação armada. O meu caso foi de crime de organização e de opinião, que é, vamos dizer assim, a excrescência das excrescências da ditadura".

Comento
A reportagem da Folha traz uma Nota da Redação:
“Tão logo a ministra colocou em dúvida a autenticidade de uma das reproduções publicadas, a Folha escalou repórteres para esclarecer o caso e publicará o resultado dessa apuração numa próxima edição”. Vamos lá. Devagar com o andor porque o santo pode não ser de barro, mas é do pau oco.
O documento a que a ministra se refere circula há muito tempo na Internet. Nunca o publiquei aqui porque não consegui comprovar a sua autenticidade — isto é: se vem mesmo dos arquivos dos órgãos se segurança do regime militar. Se é falso, a ministra tem razão de reclamar, e certamente a Folha fará a devida correção se necessário. Publico a imagem agora porque a própria Dilma se referiu ao documento, e o leitor tem o direito de saber do que ela está falando.

Pois bem. Quando foi presa, Dilma pertencia à VAR-Palmares, um grupo dedicado a ações terroristas.
A ministra tem um jeito estranho de contar a história, justificando por que foi presa: “O meu caso não é de ação armada. O meu caso foi de crime de organização e de opinião”.

Epa! “Organização” de quê? De chá das cinco?

O que é que a VAR-Palmares “organizava”? Lembro algumas coisas (só algumas):

01/07/68 – A execução de Edward Ernest Tito Otto Maximilian Von Westernhagen, major do Exército alemão (na verdade, morto pela Colina, grupo que depois ajudou a formar a VAR-Palmares. Em 1968, Dilma era do Colina);
12/10/68 – Execução de Charles Rodney Chandler, capitão do Exército dos EUA;
31/03/1969 – assassinato do comerciante Manoel da Silva Dutra, durante assalto ao Banco Andrade Arnaud, no Rio. Carlos Minc estava no grupo.
11/07/69 – Assassinato de Cidelino Palmeiras do Nascimento, motorista de táxi (conduzia policiais em seu carro), decorrência do assalto ao Banco Aliança
18/07/1969 – Roubo do “Cofre do Adhemar”. O dinheiro nunca apareceu.
24/07/69 – O assassinato do soldado da PM-SP Aparecido dos Santos Oliveira, decorrência de um assalto a uma agência do Bradesco, de que a VAR-Palmares fez parte.
22/10/71 – Assassinato de José do Amaral, suboficial da reserva da Marinha;
05/02/72 - Assassinato de David A. Cuthberg, marinheiro inglês, de 19 anos, que visitava o Brasil com sua fragata. Quatro membros da VAR-Palmares estavam entre os executores. Crime do rapaz: seu uniforme representava o imperialismo inglês...

Não é preciso justificar tortura e ditadura para reconhecer que o que vai acima é uma lista de crimes.
Então ficamos assim: concordamos em não passar a mão na cabeça de assassinos, estejam eles de um lado ou de outro da linha.
Um eventual erro jornalístico, que pode ser corrigido, não é desculpa para fraudar a história. Quem atua na organização de um grupo terrorista e homicida não tem por que se orgulhar, não. E noto que Dilma diz que “feliz ou infelizmente”, não participou da ação propriamente dita.
“Feliz ou infelizmente”?
Isso quer dizer que ela ainda tem dúvidas se os homicidas que estavam do seu lado agiram certo ou errado? Ainda hoje a ministra discrimina os assassinos? Os que eram seus aliados eram mais respeitáveis do que os adversários?
Se a ficha é falsa, que se corrija a informação.
Mas é certo que, na “organização” da VAR-Palmares, Dilma não se encarregava de lavar pratos ou de cuidar da contabilidade. Ela tem todo o direito de ver a sua história contada de acordo com os fatos. E o Brasil também.
E que o eventual erro não seja usado como pretexto para tentar intimidar a imprensa.
A ministra merece a verdade. Nada mais do que a verdade.
Por Reinaldo Azevedo 06:59 comentários (104)

AS PRIMEIRAS LÁGRIMAS ELEITORAIS DE DILMA ROUSSEFF

Antigamente se fazia a piada de que toda candidata a miss tinha lido O Pequeno Príncipe e sabia de cor a geografia sentimental da raposinha.
Lembram-se? A gente se torna eternamente responsável por aquilo que cativa...
Há algum tempo já, um outro livro preenche a cabeça das beldades com a suspeita de profundidade: Quando Nietzsche Chorou.
Não tenho a mais remota idéia sobre o conteúdo. Mas virou um best-seller. Estou pensando em escrever uma paráfrase: Quando Dilma Chorou.
A campanha, definitivamente, começou.
Além da estratégia oficial de fazer de Dilma “um nome de Minas”, há um esforço para demonstrar que ela é capaz de endurecer, mas sem jamais perder a ternura.
No lugar da guerrilheira que seguia os mandamentos da cartilha do terrorismo de Marighella — e ela deveria endossar aquele troço, já que pertencia à organização —, a sentimental que se emociona com a musicalidade da fala mineira.
Lágrimas funcionam na política brasileira — freqüentemente, mais do que a razão.
Quem não se lembra de uma das peças de resistência da campanha de Lula em 2002, sob a direção de Duda Mendonça (aquele que confessou que recebeu parte do dinheiro da campanha em moeda estrangeira, no exterior, de modo ilegal)? A câmera abria e focava no “homem Lula”, no seu “lado gente”. Ele então começava a falar do sofrimento da primeira mulher, que morreu em decorrência de complicações pós-parto.
Todo o encadeamento sugeria que, mulher do povo, tinha sido vítima do descaso — embora, tudo indica, tenha sido uma fatalidade.
E LULA, ENTÃO, CHORAVA.
Seu drama pessoal servia ao circo da política. Suas lágrimas, no horário eleitoral gratuito, buscavam o quê? Voto!
É a exposição do sofrimento que só faz sentido se tiver retorno.
Escrevi à época que aquelas eram as piores lágrimas de Lula porque marcadas pelo óbvio oportunismo, pouco importando se seu sofrimento era ou não real.
A construção da “Dilma candidata” já começou. Até havia pouco, não se viam lágrimas em seu rosto. Ao contrário: no contanto pessoal, ela chega a intimidar com seu jeito, digamos assim, assertivo.
Os assessores mais próximos e serviçais sabem ser do tipo que mais faz chorar do que chora. Na organização de extrema esquerda de que participou, não havia, igualmente, tempo para lágrimas

Ao contrário: a tal cartilha do terrorismo, que servia de guia às organizações ditas guerrilheiras, prometia era provocar lágrimas nos adversários.
Mas Dilma chorou.
A lágrima tem um valor simbólico importante no governo.
Há uma propaganda no ProUni no ar em que uma moça, dizendo-se pobre, mas estudante de medicina, anuncia seu interesse de cuidar dos velhinhos.
Ora, claro, né, gente? Por que alguém com "origem popular" iria se interessar em virar médico para subir de vida? Isso é pecado!
E a moça verte uma lágrima de emoção.
A lágrima assume, assim, a função de marcar a volta por cima do suposto oprimido, que teria chegado lá, invertendo o jogo.
Mas não por egoísmo, que isso é coisa de direitista de olho azul.
E sim por amor ao coletivo.
A “oprimida” Dilma será a beneficiária da maior máquina eleitoral jamais montada no país. Nunca antes nestepaiz um partido conseguiu ter tal domínio do aparelho de estado.
Mas está em curso a construção da personagem emotiva, capaz de encharcar com emoção a máscara de ferro.
E, se preciso, será apresentada ao eleitorado, também, a Dilma que resistiu à ditadura na cadeira do dragão. A que seguia a cartilha de Marighella cumpriria à oposição apresentar. Mas isso não será feito por uma razão simples: os adversários do PT tem com ele o pudor que ele nunca teve com seus adversários.
E isso é uma vantagem comparativa e tanto.
Essas são as primeiras lágrimas eleitorais de Dilma Rousseff.
A primeira de uma cascata. Qurem apostar?E vem por aí o filme com a vida de Lula. Que também promete arrebatar corações e votos. É aquele que não recorre à lei de incentivos, mas que conta com uma fila de candidatos a financiadores.O QUE NÃO FALTA NO PAÍS É GENTE QUE ADORA FAZER ARTE.
Por Reinaldo Azevedo 06:57 comentários (50

3 comentários:

Anônimo disse...

Olá Reinaldo

Acho que o central agora ¨Dilma disse que o documento não consta dos arquivos em que ela mandou pesquisar.¨ Quem ela mandou pesquisar? Que documentos tiveram acesso? Quais arquivos? De onde?

7:34 AM


Anônimo disse...
Meu comentário é off-topic, mas interessante.

Foi declarada guerra às coxinhas!

http://www1.folha.uol.com.br/folha/educacao/ult305u552121.shtml

Mesmo minha mãe deve ir a julgamento por ter-nos envenenado com coxinhas durante muitos anos!

Daqui a pouco vai ser também proibido comer coxinhas em público. Imagine, os comedores passivos de coxinha devem sofrer muito, vendo os outros comerem sem poder comer...

Fernando

7:34 AM


To Fora disse...
Vaticano, acorda.
Dilma para Santa.
Santa Terrorista, só se for.

7:41 AM


Anônimo disse...
Reinaldo...

Estive rescentemente, na presença de um excolega da ministra Dilma, na época em que ela curou faculdade de engenharia quimica em Porto Alegre, este senhor, o qual deixo de citar o nome, em razão de não ter dele a autorização devida, relatou-me que a Ministra Dilma, cursava a faculdade e dele copiava e colava provas "descaradamente" e que em dado momento ela sumiu da Universidade Federal do Rio Grande do Sul, não sabendo este colega onde ela teria complementado a faculdade, sendo esta resposta um enigma para este "colega" que posteriormente graduou-se na Universidade Federal do Rio Grande do Sul, UFRGS.

FLÁVIO DIMAS FRANZOI.

7:43 AM


Anônimo disse...
Não importa a função específica de um membro de uma organização criminosa. Todos são igualmente culpados.

7:45 AM


Anônimo disse...
Só este país para ter a primeira candidata mulher com ficha corrida na delgacia,com assassinatos e muito mais, Quá Quá Quá. Este país é verde-amarelo de pamonha.

7:56 AM


Anônimo disse...
Depois dessa nota Reinaldo, que a Dilma não se surprenda ao ouvir àlguem gritar "Assassina!" num ato público,com o sem razão, feliz ou infelizmente.

7:58 AM


Anônimo disse...
Kd o MP?

Ouvi uma "entrevista" na rádio ufmg (104.5) com a moça q teria sido agraciada com a 1a, ou das 1as casas do pseudo programa. Na maior cara de pau - e com edição nada profissional - uma voz de homem falava e ela repetia, como se ela estivesse dando declaração. Aí acho q se tocaram e cortaram no meio, mas teve umas 5 frases (ele : "teria que vender nosso carro" e a moça repetia; ele: "nós jamais conseguiríamos se naõ fosse pelo programa minha casa" e ela repetia, foi ridícula a gafe).

Teve outra. Voltava tarde do escritório (tipo 10) e tinha um brutal engarrafamento no centro, causado por uma claque de desocupados, com faixas e gritando em coro palavras aprendidas.

Passava pela porta do hotel em que a mentirosa ministra estava (a aquela altura, já no 3o banho, limpando-se do povo e perfumando-se para minimizar o cheiro de povo q certamente sentiu nos eventos dos quais participou).

Qdo teremos algum orgulho?

Só me causam náusea e horror, esses petistas burros e fedorentos e em plena campanha.

Queria fossem todos para a tonga.
PP

8:02 AM


Fausto Marino disse...
Queria ver o histórico escolar. Ella ia às aulas mesmo, ou só aos comícios, passeatas, greves e as chatésimas reuniões das seitas do movimento estudantil? Passou de ano? Tem "diproma"? Aprendeu alguma coisa? Por que não aplica?

8:12 AM


Antonio disse...
Muito bom, é isso que vale, já que não podemos com esses Petralhas, vamos desmascará-los, pois se eles se orgulham de seus passados, vamos lebrá-los, com isso trazemos esperanças para os nossos atuais "Marcola, Fernandinho Beira Mar e outros" no futuro quem sabe, eles podem virar, Ministro, Deputado, Senadores, Presidente não, por que tem muita gente na fila.

8:16 AM


DanielB disse...
O QUE SERA? Desta relação.
TARSO, DILMA, SERGIO CABRAL.
Por que certas pessoas,são condenadas pelo seu passado,
e outras não?Acredito que todos
forman parte da sociedade,Grupos
rivales en suas ideas e parte que
se omite a participar ativamente,
Fes parte de un grupo revolucionario?
Fes parte do exercito?
Nao fes parte destes grupos?
Mas fas parte desta sociedade
Limpar esta sujeira toda,
nos resta SO

8:21 AM


Anônimo disse...
Quem merece a verdade somos nós, os brasileiros decentes, os não bandidos. Não é à toa que defendem com unhas e dentes os assassinos de outos países presos aqui. Essa uma é bandida, o resto é desculpa.

Gostaria de saber onde está a associação dos parentes das vítimas desses assassinos. Porque parece que somente houve mortos do lado deles, do outo lado existe uma imensa neblina, onde ninguém tem rosto, nome ou história. Onde estão os pais, filhos, cônjuges dos assassinados por esses bandidos? Por que não tem visibilidade? Por que a imprensa não dá o mínimo espaço para eles? Será que essas pessoas são tão decentes que não mercantilizam sua dor?

8:29 AM


paulo silveira disse...
Ela tem uma forma fácil de se inocentar.
É só provar que a digital na ficha não é a dela.

8:33 AM


Pobre Pampa disse...
Se foi uma montagem, foi um trabalho profissional. Nada do que circula na internet tem esta qualidade!

8:34 AM


paulo silveira disse...
Organização, no caso, atende ao artigo 288 do CP:

Art. 288 - Associarem-se mais de três pessoas, em quadrilha ou bando, para o fim de cometer crimes:

Pena - reclusão, de 1 (um) a 3 (três) anos.

8:38 AM


Anônimo disse...
Então isso tudo quer dizer que Marcola, Fernandinho Beira Mar e outros patriotas mais poderão chegar a vida pública alguma dia ? Quem sabe 30, 40 anos na frente ?? Ótimo ! Precisaremos de substitutos a altura num futuro próximo e que administrem com ética e lisura o nosso querido Brasil !

8:41 AM


Anônimo disse...
É verdade. Qualquer pessoa que exerça ou queira exercer cargos públicos, principalmente aqueles dos altos escalões, deveriam ter sua vida pregressa mostrada sem retoques para o público eleitor.
Por isso sou de acordo que se mostre tudinho acerca da Dilma e do Serra para que os brasileiros vejam que tipinho de gente quer nos governar.

8:47 AM


Anônimo disse...
Gente, a Dilma é "páu de dar em doido"!
Se a ditabranda tivesse sido obra do PT, e não dos militares, a coisa teria muito mais feia do que se pode imaginar. Os "milicos" são "pintos" perto dessa cambada.
(Ali Babá, de chicote na mão, Cruz-credo!)
...rrsrsrsrsssssss!!!

8:55 AM


Anônimo disse...
Subversiva.

Quando interessa eles até indenizam os subversivos.

9:09 AM


Anônimo disse...
Como ela afirma com tanta segurança que a ficha é falsa (Ela mandou pesquisar e sumir com a ficha verdadeira ??).
Quanto aos assaltou aos bancos que le a diz que não cometeu, pode estar certo porem os organizaou, foi mandante.
Foi crime de organização? Isto é uma confição não é ??
A Ditadura no Brasil na verdade foi sim uma Dita Branda e a Dilma é a prova viva.
Cadê a Polícia Federal.
Hoje eles estão se auto indenizando.- Petralahas.

9:16 AM


Roby disse...
A verdade pode ser algo nimiamente inconveniente, como todas as estripulias do lulo-petismo têm demonstrado nestes últimos seis anos.
E, para todos os efeitos, pode apostar que — pelo menos para a imprensa engajada e a militância ignóbil — a versão que prevalecerá será a da "valente": pouco importa se o documento é ou não autêntico.
Ressalvadas as diferenças óbvias, é como a história do sudário de Turim: ainda que a Ciência tenha comprovado ser uma fraude medieval, para os crentes (além dos picaretas — patricantes de simonia — que exploram esses crentes), aquilo é autêntico.
A crença é estabelecida por convicção fatual, confiança no agente ou simples má-fé. Depois de tantos anos de pura hipocrisia, dá para acreditar na honestidade intelectual dessa gente?
Outra coisa: sendo a autencidade do tal documento um tema por natureza controverso, é certo que há de ter um desfecho manipulável — e é ainda mais certo que servirá de pretexto para mais algumas tentativas de intimidar a "imprensa marrom", como a classificou o ilustre e ilibado presidente da Petrobras.

9:21 AM


Leonardo Barros disse...
As cobras Jaracuçu também devem chorar, não é mesmo? Afinal, até a Dilma Roussef chorou. A quem a minha 'conterrânea' acha que engana?

9:21 AM


Anônimo disse...
Solidarizo-me com o Promotor de Justiça, Gilberto Thums. O STF merecia ser açoitado por deixar a promotoria pública falando sozinha na defesa da lei. Vamos voltar à época das cavernas onde era cada um por si.

Anteontem fui numa maratona pelo estado de direito, procurei todos, prefeitura, tribunal civil, fórum, OAB, advogados, mas só o Ministério Público resolveu.

Sem o uso do poder coercitivo do Estado para que todos obedeçam a lei, vamos acabar nos estapeando pelas ruas, como ocorreu com os funcionários da Supervia, pobres vítimas da omissão da polícia e da justiça.

9:25 AM


Anônimo disse...
UM ATENTADO

QUE BELA FICHA!
Que belo currículo para um candidato à presidência da república!
Só no Brasil de LULA, mesmo!

9:32 AM


Anônimo disse...
Oi Tio Rei!
Creio que vou dar uma ajudinha pra campanha de Dilma à Presidência.
Sabe aquela música de Ivete Sangalo, "vai buscar Dalila..."?
Fiz um pequeno jingle que poder assim:
"Lá vai, lá vai, lá vai, lá vai o meu povo/
Caindo na conversa do Lula de novo" (repete)
"Vai buscar a Dilma, vai buscar a Dilma de gelo, vai buscar a Dilma..."
E aí é só botar a Dilma num trio elétrico e sair pelo Brasil afora conquistando "us pobri".

9:32 AM


Anônimo disse...
Uma pessoa com uma ficha dessas deveria sentir vergonha de se candidatar à presidência da República.

Como não posso acreditar ainda que Dilma é candidata, espero pra ver se ela é uma desavergonhada ou se tem vergonha na cara... Com é coisa que vem do petismo, pode ser que dê a primeira hipótese.

9:37 AM


Rerisson disse...
Um peixe chamado Wanda...

Pô, o povo não pode nem mais organizar um chá de cozinha em paz, que é preso e perseguido assim pela imprensa golpista...

Assim num pode, assim num dá, cumpanheiro...

9:54 AM


Anônimo disse...
Meu caro Reinaldo.
Eis por que os arquivos da ditabranda até hoje não foram abertos.
Pela vontade dos que lutaram para implantar aqui uma ditadura do proletariado, bem mais dura e sanguinária com certeza. O porco fedorento, khmer vermelho, países da falida cortina de ferro e outros que digam o que seria do Brasil.
Eles estão no poder a décadas. Porque ainda não abriram?
Depois deixam pairando no ar alguma espécie de conspiração por parte dos milicos para não abrir. Coitados, não têm mais poder para nada nestepaiz.

9:57 AM


Rodrigo Prado disse...
Vou fazer uma estatística de quantos e´mails vou receber até o final da eleição com essa "bomba" jornalística.

9:58 AM


Anônimo disse...
Tio Rei.
Pára. Você está sendo temerário ao dizer que a Espantalho Roussef Lula da Silva quer a verdade. O que esse povo menos quer é a verdade. A começar pelo Apedeuta - Mor. Até hoje ele vende a mítica de que foi trabalhador, quando nunca trablhor de fato. ESpetou-se em um sindicato e ali ficou até se aposentar.
As informações que você apresenta desmente a Espantalho do Lula de maneira cabal.
Mas não se esqueça, ela foi é é stalinista....e era cacoete de Stalin mandar reescrever a história e apagar registros quando estes não lhe convilham. Lembram-se do Caso Trotsky, Kirov???? Por que não Diulma?????

10:09 AM


Anônimo disse...
A ratazana diz ter saudade dos bons tempos da Folha. Deve ter mesmo pois os achaques a autoridades lhe rendiam um bom dinheiro.

10:22 AM


Sérgio Rocha disse...
Fala, Reinaldão

A ficha policial da ministra se encontra no prontuário 76346 da na caixa 65 no Arquivo Público do Estado de São Paulo (veja link http://www.proin.usp.br/inventario/detalhe-ficha.php?idFichaPolicial=29534)e pode ser consultado por qualquer pessoa no endereço contido nessa página.
Na verdade, sugiro uma pesquisa de nomes da patota. Já encontrei diversos amiguinhos da ministra nos arquivos do Proin. Vale a pena.

10:32 AM


Anônimo disse...
Ela fez tudo isso aí, é uma terrorista aposentada.
Mas, pelos meus conhecimentos de edição de imagem, isso parece mesmo falso.

10:36 AM


Anônimo disse...
"Nunca fui julgada por nenhuma ação armada ou por um assalto a banco, porque as minhas circunstâncias foram essas, não os cometi."

Analfabeta funcional; depois de oito anos de lula + oito de dilma?

10:48 AM


Cactus disse...
A Dilma era do esquerdista Comando de Libertação Nacional (Colina). E quem são dos outros comandos? Comando Vermelho (CV) e Primeiro Comando da Capital (PCC)?

10:52 AM


Anônimo disse...
Off-topic:
Da Folha on-line:
Planalto cria blog para Lula, ainda sem data de lançamento

Pelo jeito, o mascate nao esta' fazendo o seu trabalho direito... E', ja' foi a epoca em que era um bom "cavalo"...

10:55 AM


Anderson Soares disse...
Acerdito que TODOS NÓS, BRASILEIROS, merecemos saber a verdade sobre a candidata Dilma Roussef. Se esta senhora comandava ou ajudou a comandar (organizar, segundo ela) uma organização criminosa (organização que mata pessoas e assalta bancos é o que?, uma reunião de freiras carmelitas?), todos nós, brasileiros precisamos saber a verdade. Afinal, ela é uma pretendente ao cargo de máxima expressão do país (ainda que esteja todo elameado pelo atual ocipante).
E chega desse papo furado de que só os militares foram os assassinos, os perseguidores. Chega dessa conversa mole. Se esses anjos, que lutavam pela instalação de uma ditadura de esquerda foram responsáveis por mortes de pessoas, precisamos saber. Afinal, não são "usmilicu" que estão postulando o cargo de presidente da república!.

10:57 AM


Sincero disse...
Reinaldo, não sou advogado do diabo mas devagar com o andor mesmo. Não vou me filiar à ótica dos que tomaram o poder e sem dó nem pena fuzilaram e torturaram jovens nesse país - após colocarem a tarja de terroristas. Relembro a ação de Gabeira no sequestro do Embaixador americano. Uma ação terrorista para uns, um ato heróico de resistência para outros. Quanto à Ministra, não posso me vincular a essa análise diacrônica assumindo que ela é uma terrorista ad eternum. Com certeza seu grupo não estava para discutir a relação com os militares, quem estaria em meio a fogo cruzado e práticas sujas de limpeza ideológica?
Acho que a Ministra tem mais problemas para explicar o presente do que o passado - você acha que Serra, outro exilado, usaria tal argumento de guerrilha para desestabilizá-la? Isso servirá no máximo ao Dem, ligado desde a raiz ao Golpe militar.

11:02 AM


Anderson Soares disse...
Reinaldo:

O verdadeiro monumento de "luta pela democracia" que é a Dilma Roussef já tem um BLOQ ELEITORAL. Isso mesmo, nem mesmo a propaganda político-partidária foi liberada e a dita cuja, quer dizer "dita-dura", já tem um bloq que faz propaganda eleitoral de maneira despudorada. Querem ver ? ( é para quem tem estomago forte): http://dilma13.blogspot.com/

11:17 AM


Anônimo disse...
Caro Reinaldo,

Off topic completamente.

Por gentileza leia esta notícia.

http://g1.globo.com/Noticias/Brasil/0,,MUL1089204-5598,00.html

Quando li me lembrei logo de você. Recorda do exemplo dos gordos que você deu quando falou a respeito da lei do fumo? Pois é, já começou e as primeiras vítimas são as crianças. Lei número 1356/07 de autoria da deputada estadual Patrícia Lima. Mais um nome pra minha lista negra.

11:20 AM


Anônimo disse...
REi eles são assim mesmo para eles
bandido é "cumpanhero" de viagem, e
banditismo é heroísmo, claro foram sacrificados com toda ternura socialista a mesma da Floresta de Katyn, do Khmer Rouge, do Paredon,
eles possuem o monopolio das virtudes e galanterias, fazem chiadeira contra o capitalismo, mas
Kim da Korea pode pagar 60 kilos de
repolho cota anual para operário.

11:36 AM


anarquista disse...
Tá tudo errado. Eu fui militante de esquerda até aonde minha vista alcançava; Um idiota. Jamais passava pela minha cabeça que queriamos trocar de ditadura.Nos era condicionado a tal de democracia.Eu tinha 18 anos. Hoje eu sei que seria uma simples troca de totaritarismo.Nem por isso me arrependo,pois não tinha consciência.E não me envergonho disso.Minha ingenuidade é meu álibe.O mesmo poderia dizer Dilma, e não sair pela tangente.Aliás, estivemos juntos em vários episódios.Repito: Vários.E não sei porque nega.O povo até perdoa ingenuidade ou lutar por uma causa que achava justa.Mas não perdoa renegação. Um erro TERRÍVEL de caráter e de marketing.Podemos até ter arrrependimentos( não é meu caso) mas renegar, NUNCA.E por que não me arrependo? Porque na época fiz o que achava certo.O mundo mudou e eu mudei com ele.Ponto final.

11:40 AM


BETHS disse...
"aqueles que defendem que houve ditadura branda (...) ou que (...) havia uma regularidade, naquele período, democrática. Nem uma coisa nem outra. Naquela época se torturava, se matou, se prendeu".
(...)
"Muitas vezes as pessoas eram perseguidas e mortas... E presas por crime de opinião e de organização, não necessariamente por ações armadas."

No trecho acima, ela poderia, tranquilamente, estar se referindo a Cuba, aquela 'democradura' insular tão adorada pela petralhada.

11:43 AM


Anônimo disse...
Caro Reinaldo,
Quer dizer que a dna. Dilma Roussef, a Estela da VAR-Palmares - mas podem chama-la também pelos pseudônimos ou codinomes de Luiza, Patrícia, Wanda - nos anos de chumbo, era somente uma intelectual desse bando de terroristas e foi presa por crimes de opinião.
Então, quando o Zeca Diabo, o Zé Dirceu do Protógenes, "a lenda", a chamou de "companheira de armas", teria faltado com a verdade?
Elogiou-a por algo "heróico" - sim porquê na visão distorcida dos esquerdopatas tupiniquins, assassinatos, sequestros e atentados a bomba, são atitudes dignas dos maiores elogios - do qual ela não teria efetivamente participado?
Então é isso!
O Zé (Dirceu), todo mundo sabe, nunca pegou em armas. Segundo se comentava na época, "não tinha peito" e ficava na retaguarda, idealizando as ações, digamos assim, "meigas" e "singelas", para restabelecer a "democracia" no país, naqueles anos sombrios.
Quando a chamou de "companheira de armas", quando o próprio não pegava em armas, estava fazendo uma manobra diversionista, para que todos acreditassem que ela não praticou nenhuma das ações de que é acusada?
Ora, vamos deixar de hipocresia. Quem viveu os anos de chumbo - e eu vivi - e conhecia as pessoas certas, sabe que todas as ações terroristas imputadas à pré-candidata, ocorreram.
Aliás, essa candura de pessôa, à época, era temida pelos orgãos de repressão, pela sua frieza e determinação na condução das "expropriações" a bancos e atentados.
Tornou-se uma lenda. . . mas agora a quer repudiar, para se tornar palatável como candidata ao mais alto cargo da nação.
A ficha, ou melhor, a modesta folha corrida de terrorista da "eleita" do Apedeuta, chegou-me há anos atrás. Nem se cogitava no nome dela para ser candidata.
Não acho crível que seja uma montagem. Mas, se o for, é muito bem elaborada.
De qualquer maneira, é fácil dirimir-se a dúvida: abram-se os arquivos do DOPS, do DOI-CODI (Destacamento de Operações de Informações - Centro de Operações de Defesa Interna) que o seu Lula não deixa serem abertos. Pois, a não ser que o Senador Romeu Tuma, então chefe do DOPS, tenha carregado todos os arquivos para sua casa e os queimou, a verdade está lá guardada.
Chegou a hora da verdade ser desnudada e se acabar com essa mistificação.
Um abraço em cumprimento pela coragem de se por os pingos nos "is".
Deixo de consignar meu nome, pelas razões óbvias.

11:44 AM


Roberto Claudio disse...
Essa terrorista é que vai ser a nossa futura Presidente da Republica?.

Veja se é possível uma coisa dessa uma Guerrilheira.

11:54 AM


Anônimo disse...
Ela tem todo o direito de ver a sua história contada de acordo com os fatos. E o Brasil também.Assino embaixo, Reinaldo.

12:08 PM


Anônimo disse...
Algúem realmente acredita na veracidade dessa imagem? Se o documento existe, eu sei lá, mas essa imagem é montagem pura. Qualquer olhar mais atento e experiente percebe isso.

12:10 PM


José Bacchus disse...
Uncle Rei,
Segui a orientação do comentário das 10:32 AM, e veja o que encontrei:

Proin > Busca


Prontuário: 76346
Caixa: 65
Nome: DILMA VANA ROUSSEFF LINHARES
Atividade: Não informada
Filiação: Pedro Rousseff Dilma Rousseff
Idade: 22
Nascimento: 14/12/1947
Sexo: Feminino
Nacionalidade: Brasileira
Naturalidade: Belo Horizonte/MG
Estado Civil: Casada
Profissão: Estudante
Residência: Praia do Suarão - Santos
Sindicalizado: Não
Histórico: Cópia de processo arquivada no prontuário 146.459, referente à Neusa Maria Messias da Cunha Cópia de processo arquivada no prontuário 100.157, referente à Sonia Lacerda Macedo Cópia de rel. arq. No prontuário 3.477, referente ao DOPS/SP, 15º VOLUME, FLS. 84


Os originais dos documentos aqui identificados podem ser consultados no Arquivo
Público do Estado de São Paulo. Reproduções mediante assinatura do Termo de Compromisso.
Endereço: Av. Voluntários da Pátria, n. 596, 1º andar [Fundo DEOPS]. São Paulo/SP.


--------------------------------------------------------------------------------

O que interessa é esse prontuário 3.477, do DOPS.
A propósito, como é que ela nunca esteve em São Paulo se a sua residência na "capivara" era Santos?
O que eu gostaria de ver é a continuação da vida pregressa da pré-candidata (a ficha do DOPS ao final está datilografado "CONTINUA".
Cadê o continua?

12:14 PM


Anônimo disse...
Credo, minha cidade vai receber 2.500 moradias da favela de concreto, sequer temos infraestrutura da lei e justiça para as pessoas que cá se estapeiam, fora prostituição infantil e 4 carros roubados por dia, numa cidade de 200 mil habitantes.

12:16 PM


Antonio disse...
Já que o Lularapio diz que foi trabalhador, bem que podia apresentar uma carteira, com o registro de alguma metalugica no ABC, só assim a verdade vinha a tona.

Porque certeza mesmo, só sua participação na "Organização do Sindicato petralha" que se especializou em assaltar o Estado brasileiro.

12:33 PM


Anônimo disse...
O fato de ela ter sido fichada ou não não importa. Todos sabemos quem ela foi e quem ela é.

12:35 PM


Anônimo disse...
Responda com sinceridade, você entregaria seu bêbe recém nascido para Dilma tomar conta ? e Tarso Genro ? Zé Dirceu ? Vc confiaria, em um momento de fulga a guarda de seus bens pra esse povo ? Então porque eles estão aí ?? O futuro de nossos filhos e de nosso patrimônio está entregue a essa equipe de currículum invejável.

12:45 PM


Anônimo disse...
Rei, a lista de crimes que você fez explica muito bem por que os petralhas consideram Dilma/Estela/Luiza/Patricia/Wanda a candidata ideal para a sucessão de Lula.

12:45 PM


Wellinton disse...
opa, vou ate tirar uma copia pra mim!
Nunca se sabe quando agente vai precisar disso...rsrss

1:00 PM


Anônimo disse...
Não estou percebendo a montagem, não. E a foto, é autêntica, ou também é recente, posterior à plástica e ao botox?

1:05 PM


. disse...
Estou besta com a ficha dessa mulher.Se não é você Reinaldo, a gente não fica sabendo das coisas como elas realmente são.
Deus não permita que essa criatura seja eleita, seria o fim do mundo, do nosso mundo chamado Brasil.

1:09 PM


Anônimo disse...
Caro Reinaldo,

Uma vez terrorista, terrorista para sempre. Dilma Roussef tenta agora apagar seu passado terrorista com novas sutis ações terroristas contra a opinião pública. Dilma Roussef é o exemplo típico do que o terrorismo está tentando fazer contra a civilização cristã ocidental. O que há de vir será apenas miséria e destruição.

1:20 PM


paulo silveira disse...
O que me desespera na ficha é o "cont." em baixo da ficha.
Cadê a continuação? no verso?

Ps. esqueci de postar sobre o crime de formação de quadrilha:

Parágrafo único - A pena aplica-se em dobro, se a quadrilha ou bando é armado.

1:50 PM


Seixas disse...
Temos que perguntar à Joana d'Arc da subversão em quais arquivos os bate-paus dela procuraram pelo original da ficha. Os arquivos da ditadura não estavam vergonhosamente escondidos? Se estão, como os gungadinhos dela conseguiram acesso? E se não estão (e todo mundo sabe que os inquéritos sobre o terrorismo estão no STM, à disposição), era mesmo só mais uma ação de marketing do patrão da papisa do terrorismo?

É uma pena o Brasil não ter oposição. Porque na ora de processar militares inocentes pelo que meia dúzia de criminosos torturadores fez há toda a imprensa; mas para acusar terroristas que mataram gente inocente, civis desarmados, não há um que não resista ao cala-boca dos filoterroristas. Que o diga o senador Agripino Maia, que deveria deixar de tropeçar nas palaras e na coragem e voltar a denunciar essa intrépida trupe.

2:05 PM


Anônimo disse...
David A. Cuthberg, foi brutalmente espancado e torturado antes de sua morte.A diferença é que o exercito torturava e deixava a maioria viver. Os esquerdas da época torturavam e depoias matavam,para não ter trabalho de logística.

2:06 PM


Anônimo disse...
Reinaldo,

Esse documento é falsificado, e bota falsificado nisso. Ê, servicinho mal feito! Se você olhar a imagem no detalhe, dá pra ver claramente que as letras foram digitadas no computador, e que a digital também foi colada. As linhas são todas perfeitamente uniformes e retas. Uma máquina de escrever jamais conseguiria gerar um documento assim.

O que não significa que Dilminha seja inocente de todas aquelas acusações...


Um abraço,
Fábio

2:07 PM


Anônimo disse...
Lei 3.688/41
CAPÍTULO IV -
DAS CONTRAVENÇÕES REFERENTES À PAZ PÚBLICA



ASSOCIAÇÃO SECRETAArt. 39. Participar de associação de mais de cinco pessoas, que se reúnam periodicamente, sob compromisso de ocultar à autoridade a existência, objetivo, organização ou administração da associação:



Pena - prisão simples, de 1 (um) a 6 (seis) meses ou multa.



§ 1º Na mesma pena incorre o proprietário ou ocupante de prédio que o cede, no todo ou em parte, para reunião de associação que saiba ser de caráter secreto.

§ 2º O juiz pode, tendo em vista as circunstâncias, deixar de aplicar a pena, quando lícito o objeto da associação.

VIVA GETÚLIO VARGAS

2:11 PM


paulo silveira disse...
Sobre autenticidade: se fosse falso certamente haveria deslizes.

1- coloca a moeda certa da época: NCr$.

2- chama a PM de Força Pública, correto. em 70 que nome mudou para PM.

3- Ademar com H .. Adhemar (embora o assalto não tenha sido na casa dele, mas na casa da secretária).

4- foi usada máquina de escrever manual, correto.

5- tenho dúvida sobre fuzil Fal naquela época.

6- o que é o artigo 237 acima na ficha?

no codigo militar é agravante de crime sexual. no cp é casar tendo impedimento.

2:17 PM


Anônimo disse...
A ministra já afirmou repetidas vezes que tem orgulho do seu passado.

2:29 PM


indio guarani disse...
É, quem cuida do dinheiro do tráfico também não tem nada a ver com os crimes que a organização comete, não é mesmo? Acho que dirma tem toda razão, naquela época se torturava, assassinava, roubava, sequestrava e por ai vai. Só que, pô gente, quem organizava não tinha nada a ver, não é mesmo? O generalão lá ou seja lá quem fosse que organizasse o esquema de tortura também não tinha nada a ver. Como podemos constatar, a ministra está certa, o regime não tinha nada a ver com o que ela acusa hoje. Só quem torturava é que poderia ser culpado. Justo e certo.

2:36 PM


Anônimo disse...
Obama, Change! Vamos fazer um círculo e dar um abraço em todos os ditadores sanguinários do mundo. Chávez, my friend, a smile and a hug!

O cinismo do Lula ganha o mundo!

2:43 PM


Leo disse...
Reinaldo,
O documento é falso. As fontes usadas são típicas de computador, especialmente as em azul foram "desenhadas" mais recentemente.
Se a gente quer lutar contra essa terrorista, é melhor não se desviar com isso.

Abs

2:59 PM


Anônimo disse...
Reinaldo Azevedo,
Nos merecemos e carecemos da "Verdade Já", antes que seja tarde.

3:18 PM


Anônimo disse...
Com o poder do cargo que tem, com o apoio de Lula, Dilma deveria intimar as Forças Armadas a apresentar o documento verdadeiro ou desmarcarar e processar os caluniadores.
Quanta falta de carater: sabe que o que fez foi hediondo, fez mas não confirma, fez mas nega....
Coitado do Brasil.

3:19 PM


Anônimo disse...
Incomoda muito aos ex terroristas que o periodo de exceção seja chamado de "ditabranda". Se ditadura tivesse sido, por exemplo à maneira de Fidel, NENHUM deles estaria agora aqui para receber pensões vitálicias.
E talvez, sem desordeiros, o Brasil tivesse progredido mais e melhor.

3:31 PM


Anônimo disse...
Vamos pensar assim: Ontem a esquerda tentou tomar o poder através das armas e de uma açào utópica no Araguaia. Não deu certo.
Anos depois, fundaram o MST, devidamente financiado e protegido pelo governo federal. Estão se armando para que no devido momento, consigam fazer o que no Araguaia não foi possível. A outra ponta desta história foi a luta armada, com a guerrilha que tentou tomar o poder, assassinando e roubando; também não deu certo. Agora, vejam só, uma das expoentes daquela luta armada vai se candidatar ao cargo máximo do nosso país. Então vejamos: nesses anos em que o PT assumiu o governo federal eles colocaram os companheiros no 2o. e 3o. escalões. Subornaram os políticos canalhas do país. Agora, procuram eleger a guerilheira. Entenderam? Vão conseguir fazer, agora, o que não foi possível lá traz. Só que agora sem precisar usar armas. Beleza! Só esqueceram de uma coisa. As Forças Armadas do nosso país não estão alinhadas com essa idéias, muito pelo contrário. É só uma questão de tempo. Esperem e verão.

3:35 PM


Alzira disse...
Bem, depois de oito anos de desgoverno de um ex-torneiro mecânico - que NUNCA FOI TORNEIRO MECÂNICO - semi-analfabeto, sindicalista oportunista de soleira de gabinete de dono de fábrica, esperando por sua cota de Chivas Regal (Royal Salute), por que não teríamos uma ex-terrorista que só é "ex" não porque ache que era errado, mas porque "feliz ou infelizmente" não há mais espaço por aqui para essas atividades??

3:52 PM


Anônimo disse...
É verdadeiro,do arquivo da polícia.Sempre esteve lá.

3:53 PM


Leopoldo Dogher disse...
Essa gente não tem caráter, não presta.

3:55 PM


Anônimo disse...
Quem me garante que esse documento não foi forjado pelo próprio Ministério da Propaganda para tirar a discussão do foco adequado? Agora, a questão passou a ser se o papel é ou não autêntico e não se a comadre fez ou não o que sabemos que fez. Se for comprovada a não autenticidade do papel, os marqueteiros dela vão tentar vender para a opinião pública a idéia de que todas as informações nele contidas sobre a personagem são falsas.

3:59 PM


Anônimo disse...
Falso é, certamente. Mas isso não muda em nada a atuação da Dilma.

4:27 PM


Luiz César disse...
Prezado Reinaldo,
Em complementação às questões suscitadas nos comentários das 2,17 hs., faço as seguintes considerações:
item 3: na casa objeto da "expropriação" morava, o "caso" do Dr. Adhemar de Barros, de nome Ana Caprilhone, também conhecida pelos pessepistas (PSP, partido do Dr. Adhemar) como Dr. Rui.
item 5: o fuzil automático leve, daí o nome FAL, a partir de 1965, ficou sendo a arma padrão do exército brasileiro. Em 1967, quando servi o exército, como aluno do CPOR, a tropa já contava com essa arma de assalto, de fabricação belga e, à época, armamento padrão da NATO.
Item 6: deve ter ocorrido algum erro datilográfico, mesmo porque a Lei de Segurança Nacional não tinha tantos artigos.
Abçs.

4:29 PM


vanderlei disse...
LUIZA, PATRICIA, VANDA ou DILMA, essa é a mulher que o Mulla deseja como sua herdeira.
Vivemos ou não vivemos um momento surreal?

4:33 PM


Villegagnon disse...
A base dos grupos terroristas eram jovens entre 16 e 24 anos, recrutados e manipulados por líderes conunistas inescrupulosos, irresponsáveis e acima de tudo covares, comme il faut. O Cesar Benjamim começou aos 16 (DEZESSEIS ANOS). A Dilma com 20 (VINTE ANOS). Daniel Aarão reis com 22 (VINTE E DOIS). A Vera Magalhães (que deus a tenha) com 21 anos (VINTE E UM) e assim por diante.

Eles não tinham nem maturidade, nem conhecimento, nem bagagem de vida para saber onde estavam se metendo. Tinham apenas o ímpeto da juventude e o desejo de ver o país mellhor. É claro que isso não foi o fator determinante em suas escolhas e por isso mesmo, não pode servir para justificar os erros que cometeram. Mas atenua um pouco sua gravidade.

A luta aramada foi um episódio triste da história do país, que deixa claro a natureza covarde, irresponsável e amoral dos líderes comunistas e revolucionários da época. Eles não pestanejaram antes de jogar uma geração de jovens e adolescentes idealistas na fogueira e na destruição.

A anistia geral foi muito ruim para o país. Deveriam ter sido todos processados e julgados: os terroristas e os torturadores das forças de repressão. Isso sim teria passado a limpo a história do regime militar. Teria sido um processo verdadeiramente doloroso, mas o país sairia fortalecido, sairia mais honesto e transparente, e teríamos realmente virado uma página da história. Não aconteceu.

De qualquer maneira, o mundo dá voltas e, hoje, muitos daqueles jovens terroristas estão no poder. E acharam o homem certo, com história pessoal e carisma o suficiente para servir de ponta de lança perfeito para seu projeto. Parece às vezes que a criatura suplanta o criador, mas enfim,isso eles vão ajeitando entre eles. De todo modo, foi uma vitória espetacular, extremamente bem urdida e planejada.

Mas... há uma dose de disfarce e clandestinidade nesta vitória. Por que? Porque a sociedade brasileira não sabe ao certo o quanto essas pessoas se transformaram; o quanto elas ainda guardam daqueles valores que foram enfiados nas suas cabeças juvenis.

Tudo isso é muito nebuloso e se reflete na atual impossibilidade de discutir política no país. Ninguém mais fala claramente de política (isto é, de ideologia, de visões de mundo, de projetos de país e de futuro). Tudo é subterfúgio, desconversa. Quando alguém se expõe demais, tem sempre um outro para botar panos quentes. Lula, por exemplo, é rei em dar uma no cravo e outra na ferradura. Isso pode-se chamar também de estimulação contraditória. E o resultado é que a opinião pública não fica sabendo o que, realmente, pensam seus governantes.

Parece que o espectro da clandestinidade continua nos assombrando, embora de outro modo. Antes, os guerrilheiros viviam na clandestinidade porque não podiam fazer politica abertamente. Hoje, é como se a própria política fosse clandestina, pois eles não querem fazê-la abertamente.

O PT tem um projeto de Brasil, mas ninguém o discute. A maioria dos jornalistas fogem do assunto, desconversam. Fingem que falar disso é bobagem e anacronismo. Fingem que tudo de relevante se passa exclusivamente no plano da economia, das políticas monetárias, das decisões de cunho técnico- administrativo, da gestão, etc.

Por exemplo: quando uma única pessoa - o Olavo de Carvalho - levantou informações sobre o Foro de São Paulo como centro de articulação e decisão política continental, boa parte da imprensa em princípio ridicularizou, depois omitiu, depois fez de tudo para negar qualquer relevância ao assunto.

Por que essa reiterada recusa de falar dos projetos político-ideológicos daqueles que vão nos governar? Por que um esvaziamento tão grande dos debates políticos públicos?

Minha hipótese é que são os ex-clandestinos querendo continuar a agir como clandestinos. Não se abre o jogo, e as políticas vão sendo implementadas aos poucos, em conta-gotas, para que a opinião pública não as discuta em bloco, e não as perceba como aquilo que elas verdadeiramente são: um projeto de país.

E por que não se abre o jogo? Porque eles temem que, se o projeto de instaurar o socialismo no Brasil for percebido tal como ele é, a sociedade brasileira possa rejeitá-lo, tal como rejeitou há 40 anos. E eles não podem conceber uma segunda derrota. O trauma foi grande, as cicatrizes profundas, e a energia e os esforços para mudar o curso da história foram monumentais.

Por isso é preciso fazer política clandestia, nunca às claras. A política brasileira atualmente é uma grande mentira, uma grande ilusão.

E a Dilma Roussef, quando mente sobre o passado, colabora com essa situação. Ela está ajudando a tornar a política brasileira uma grande mentira. Uma política clandestina.

1968 ainda não terminou.

4:35 PM


Ubiratan disse...
Não sei se o documento é falso ou verdadeiro, a meu ver parece verdadeiro, principalmente pela oscilação de altura dos tipos da máquina de escrever, mas só analisando o original dá para saber.

Mas o que interessa é que a Dilma está fazendo um esforço imenso para esquecer o passado, até inaugurou o "eu não me lembro", já que o "eu não sabia" soa muito falso no seu caso. Parece que todo o passado heróico que ela tinha orgulho vai ser renegado na próxima eleição.

Cada vez mais admiro o Gabeira, ele teve a posição honrada de admitir que errou no passado e agora não aceita nem aprova essas atitudes. Aprenda Dilma com alguém honrado.

4:41 PM


Fernandão disse...
Onde está o Ministério Público?
Que instituição é essa, que se vale da máxima dois pesos e duas medidas?
Contra o gesto do Cristian do Corinthians, eles se fizeram presentes, embuídos da síndrome dos holofótes.
Quando é peixe pequeno; eles puxam pra dentro do barco e tira foto. Quando é peixe grande; eles cortam a linha.
Brasil um país de tolos.

4:45 PM


lpereira disse...
Reinaldo,

Já desmascarei uma montagem de esquerdinhas que queriam incriminar o Serra (na época daquela greve das Mafaldinhas), e é relativamente simples de detectar uma montagem grosseira. Essa aí é uma delas.

Veja o "CAPTURADO" clichezento, e sem nenhuma marca de "ageing", com tipografia moderna e sem falhas típicas de carimbos. Repare nas bordas do documento, erodidas com um padrão. Outra coisa que entrega é o brilho nas fontes, isso seria impossível num documento escaneado. E a impressão digital é a coisa mais estranha que eu já vi.

O Terrorista/Assaltante acima foge a todos os padrões de datilografia. Datilografa-se sempre no começo da linha, não se calcula o espaço pra caber tudo.

Sempre tive essa imagem como uma brincadeira feita com os crimes reais da Dilma Emo, mas nunca a tomei como sendo legítima. É uma montagem, uma montagem interessante, mas claramente falsa. Não preciso ser nenhum Molina pra saber!

4:56 PM


richard smith disse...
Aos que que qualquer dúvida da natureza intrinsecamente imoral, violenta e mentirosa de todo o regime comunista (e não apenas do stalinismo!), procure ler a obra "OS SETE CHEFES DO IMPÉRIO SOVIÉTICO" escrito pelo general e brilhante historiador DMITRI VOLKOGONOV (Ed. Record) que conviveu com toda a putada, de Lênin a Gorbachev e disponível nas livrarias.

Também são muito úteis, "A GUERRA PARTICULAR DE LÊNIN" de LESLIE CHAMBERLAIN (Ed. Record) e o hoje esgotado "A REVOLUÇÃO IMPOSSÍVEL" de Luis Mir, que narra a evolução da guerra esquerdista desde 1961 com João Julião, Leonel Brizola e outros e o desenvolvimento da luta armada, capitaneada por Havana e em contrariedade às diretrizes do PC da União Soviética e, portanto, do PCB, que eram contra a dita-cuja.

Também é muito útil a leitura do seminal livro de PERCIVAL DE SOUZA, "AUTÓPSIA DO MÊDO", acerca da vida do delgado Sérgio paranhos Fleury e que descreve o clima de insanidade e de extremas crueldade e ferocidade que havia entre as forças de esquerda e de direita que se confrontavam.

Quanto aos fuzis FAL, o criminoso demencial Lamarca, quando traíndo o Exército e por ocasião da sua deserção, "expropriou" dezenas destes fuzis os roubando e transportando em uma kombi e um caminhão.


Infelizmente o nosso povo, composto por uma maioria de jovens, não tem o hábito de estudar a História, o que é lastimável e nos sujeita a coisas como as que estamos vivenciando agora, com ferozes lobos tentando passar por mansos cordeirinhos.

5:16 PM


ORLANDO MARTORI disse...
A MINISTRA,COMO TODOS OS MEMBROS DO PT,SÃO EXPERTS NA ARTE DE MENTIR
E NEGAR.
ESTÃO NO PODER GRAÇAS AS MENTIRAS QUE O SAPO BARBUDO,CONHECIDO COMO LULA LELÉ DA CUCA,VEM ""IMPONDO""AO
POVO DESDE QUE FOI CANDIDATO PELA PRIMEIRA VEZ,E,DESDE ENTÃO COMO QUE
TENTANDO""ESCONDER""A PRIMEIRA MENTIRA,NÃO DESCEU DO PALANQUE ATÉ A DATA DE HOJE,E,JÁ FAZEM MAIS DE SEIS ANOS,SEMPRE MENTINDO E MENTINDO E FAZENDO ESTE PAÍS CADA DIA FICAR MAIS E MAIS ATOLADO,O POVÃO SEM EMPREGOS,AGORA A CULPA É
DA CRISE CRIADA PELOS HOMENS DE OLHOS AZUIS E PELE BRANCA.
TAMBÉM ESPERAR O QUE DE UM GOVERNO,QUE JÁ TEVE UM MINISTRO QUE
VIVEU ANOS COM UMA IDENTIDADE,TEVE
ESPOSA E FILHO,E,UM BELO DIA ELE
SIMPLESMENTE DIZ PARA A ESPOSA''NÃO SOU FULANO,SOU BELTRANO"
O QUE ESPERAR DE UM GOVERNO,LACAIO DOS IRMÃOS CASTRO ?
O QUE ESPERAR DE UM GOVERNO,CUJA MAIORIA TEVE TREINAMENTO DE GUERRILHA, LÁ EM CUBA?
QUALQUER DIA DESSES,A MINISTRA MENTIROSA,GUERRILHEIRA E QUEM SABE ATÉ ASSASSINA,IRÁ ALEGAR QUE A PARTICIPAÇÃO DELA NA ORGANIZAÇÃO
VAR-PALMARES,ERA PREPARAR A IGREJA E LIMPAR O ALTAR-MOR,PARA QUE O ""PADRE""ZÉ DIRCEU OU O""PADRE""
JOSÉ GENOINO,PUDESSEM REALIZAR OS RITOS SAGRADOS DE MISSA,PARA OS
""MENINOS E MENINAS""QUE ERAM CONTRA O REGIME REVOLUCIONÁRIO.
SERÁ QUE NÃO É VERDADE?

5:20 PM


Brenocearense disse...
Nossaa...
Olha só.. A maquiavélica/aristocrática/medíocre mente de ReinalDo Azevedo/Veja Companhias Limitadas já iniciou a Campanha:

Derrubem Dilma a qualquer preço.

Clap Clap Clap Clap Clap...

5:24 PM


Anônimo disse...
A dilpa acabou de nganhar meu voto..quem lutou contra a ditadura, lutou contra bandidos que, ao arrepio da lei, impuseram uma quartela no país.

Ora, se atuaram contra a lei, mesmo que militares, não passam de bandidos, apoiados implicitamente pelo panfletário, que sempre recebeu dinheior ilegal para escrever proselitismo político.

E o que é pior, engana a classe média, leitora de revista semanal.

5:33 PM


Anônimo disse...
Dilma usa uma tática antiga dos comunistas:desqualificar um documento ou prova alegando que foi obtido por adversários e portanto tal prova só pode ser forjada.Mesmo que o jornal venha a dizer que a ficha é de autenticidade duvidosa eu acredito que a tal ficha é verdadeira.Por que?Por que Dilma já se desdisse várias vezes em opinião contrária ao de seus antigos colegas de terrorismo e isto pra mim só pode significar limpar a barra para parecer mais aceitável aos eleitores,os quais com certeza a maioria não simpatizava ou simpatizaria com a luta armada.

5:38 PM


Anônimo disse...
E oe que isso tem a ver com a realidade nbrasileira 40 anos depois? Acrescenta alguma coisa? Ou é factóide eleitoral para 2010?

5:39 PM


Anônimo disse...
Reinaldo,

Parece-me evidente que se trata de uma falsificação. Basta observá-la com atenção. O que me incomoda é que, diante de abundantes verdades gravíssimas sobre Dilma, haja quem recorre ao expediente da mentira para vencê-la. Se o responsável foi algum adversário seu, é de um amadorismo flagrante sua tática.

Agora, se, como acredito, a falsificação foi obra de parceiros do PT, dou meus parabéns aos responsáveis. A partir do momento em que o documento for de fato caracterizado como falso, a cada vez que se levantar o passado filoterrorista de Dilma, a massa esquerdo-ativista já terá a resposta de que tudo não passa de um "complô direitista" na ponta da língua. E toda a verdadeira carreira de Estela na esquerda armada será universalmente admitida como uma mera lenda urbana. Bravo!

Um grande abraço,
Fábio S.

5:41 PM


Anônimo disse...
Seria meio idiota se Dilma confirmasse que o documento é verdadeiro. Ela negará sempre.

5:48 PM


Anônimo disse...
Pelas letras "s" todas acima do alinhamento e as letras "i" sempre a baixo, parece verdadeiro, mas era muito difícil conseguir nas máquinas de datilografia da época um paralelismo perfeito entre todas as frases e as linhas impressas, principalmente em um documento pequeno e grosso, como uma ficha, pois ao coloca-lo no carro sempre entrava um pouco torcido. O que mais chama a atenção para quem usou essas máquinas é que era muito difícil o paralelismo que cito acima na primeira linha (Linhares.....Terrorista/assaltante de banco), pois os rolinhos que conduziam o documento ainda não estão em contato com ele. Quanto ao número, não é do artigo e sim da ficha. O artigo está por extenso: Terrorista/assaltante de banco.
Morg

5:52 PM


joão disse...
"“O meu caso não é de ação armada. O meu caso foi de crime de organização e de opinião”. Epa! “Organização” de quê? De chá das cinco? O que é que a VAR-Palmares “organizava”?"

Pois é.

É o mesmo que alegar que entrou pro Comando Vermelho, mas só para cuidar da agenda do gerente da boca.

Ou que só organizava os móveis do cativeiro.

5:53 PM


Francisco disse...
Seja como for esta senhora não merece o cargo que ocupa, muito menos postular a presidência do Brasil. O mesmo para Carlos Minc, Franklin Martins e tantos outros que nem sei o nome. A verdade, seja qual for, deve, sim, ser levada à público, sobretudo quando se trata de pessoas que ocupam cargos tão importantes como os dos citados por mim.

5:53 PM


Anônimo disse...
A Xuxa nunca fez filme pelada, o Maluf não é ele, o mensalão é peça de ficção e a Dilma sempre quis ser freira.

5:58 PM


Sandra disse...
Mesmo que ela nunca tenha dado um tiro, por que entrou numa organização com esse currículo? Para conversar, trocar umas idéias?

6:09 PM


TodoPetralhaTemAMãeNaZona disse...
Petralha às 9:58 AM. Pau nele!

6:10 PM


Anônimo disse...
E o rosto da ministra, qual é o verdadeiro? O daquela bela fotografia sem retoques ou o atual pós plástica?

6:19 PM


Marcos F disse...
Também nunca usei tal ficha, pois pouco representa a "ocupação"da terrorista. Ela fez bem mais. Era profissa.

E, se a ficha for verdadeira? ela se mata? ou usará como ponto positivo para sua candidatura (de cändida, pura, limpa)?

6:30 PM


Anônimo disse...
A HISTÓRIA É A PROVA

Se o documento mostrado na imagem é falso, então é uma cópia fiel do original porque sabemos que o que está ali anotado é a história da Estela.
O fato de VEJA ter divulgado um documento alegadamente falso, como ela diz, não a absolve dos crimes perpetrados na ocasião, quando ela mesma se vangloria de sua atuação guerrilheira.
Além do mais, é irrelevante o fato de a imagem ser cópia ou não do documento original porque ela nos remete a um momento histórico do país no qual a participação dos grupos de guerrilhas, nos quais atuavam a ministra e outros seus colegas de governo, praticavam as ações como ali descritas. E destas ações há provas nos relatos jornalísticos.

6:34 PM


Anônimo disse...
Olhaí a luta política: http://www.detran.sp.gov.br/noticias/nota_detran.asp.
Até no Detran os petistas não perdem a chance...
Luis

6:40 PM


Anônimo disse...
Continuando...
A impressão da ficha era feita na época por processo tipográfico e ampliando-se a imagem, as palavras em azul e principalmente as linhas horizontais, mantem uma constância quase impossível de conseguir nesse processo citado. A precisão das distâncias entre as palavras e as linhas também são muito precisas para uma impressão feita em duas vezes, já que a cada cor utilizada era necessária nova entrada na máquina tipográfica.
Pelo exposto penso que esta ficha é falsa, mas o conteúdo deve ser verdadeiro.
Morg

6:44 PM


Anônimo disse...
Reinaldo, e o Augusto Nunes? Estreou e eu passei batido?

6:44 PM


Anônimo disse...
A ficha da Dilma Terrorista é original. Não é invenção. A imagem é resultado do scaneamento do documento original, com certeza. A precisão de detalhes é comprovadora.

Os tipos de letra (em vermelho), com serifa, são de uma máquina de escrever Remington, modelo Royal, muito usada nas repartições públicas brasileiras da época, com defeito no elevador de tipos, (quando se obrigava a maquina a escrever no modo vermelho, os tipos tinham que subir um pouco mais, pois a parte vermelha da fita entintada com tinta vermelha ficava acima da parte com tinta preta e no caso, alguns tipos subiam mais que outros, o que comprova o desgaste do equipamento). No documento, não há fontes de software.

Vendia dessas máquinas na minha juventude.

6:52 PM


Anônimo disse...
Opss...

Petralhas aos montes infestando e poluindo o blog!!

Deu folga pro pessoal do departamento de dedetização e desratização, Reinaldo?

6:57 PM

José de Araujo Madeiro disse...

Em 2010 vamos todos votar:

Lula para embaixador de Cuba
e Dilma Rousseff para emabaixadriz, só assim
estaremos livres dessa Caterva

GIIIM! disse...

O senhor não têm provas do que escreve para apenas difamar a Sra. Dilma.
Acusação sem fundamento,feita apenas para denigrir sua imagem.
Deixemos então os "diplomados" voltarem ao poder e acabar de vez com o que restou desse país,hipócrita.
Uma dica : busque se informar dos podres dos outros possíveis candidatos a presidência .
Por que a oposição nunca é investigada? Talvez um dia quando interessar a alguém.
Essas suas mentes parciais e eminentemente fascistas,idêntica a da inVeja que lutou pelo apartheid na África do Sul,é de causar repugnância em qualquer pessoa de bem.
Parem de "doutrinar" ao invés de instigar o conhecimento e a liberdade.Tenho alegria em saber que o ideário de justiça, partilha e fraternidade está em mim.
O DEM (ex-PFL) é o partido campeão de cassações por corrupção nos últimos sete anos, segundo estudo feito pelo Movimento de Combate à Corrupção Eleitoral (MCCE).O ranking é liderado pelo Democratas, com 69 casos, ou 20,4% do total. Em segundo lugar aparece o PMDB, com 66 casos, ou 19,5%, enquanto o PSDB aparece em terceiro lugar, com 58 ocorrências, ou 17,1% dos casos.O PT aparece em décimo lugar, com 10 casos, ou 2,9%.
E não se iluda - o que ocorre no PSDB em Brasília é uma versão menor do que acontece em São Paulo e em todos os Estados onde os tucanos "trabalham" para a campanha de Serra.
Para mim são como gritos no vazio.