2009-02-26

A MEDICINA CUBANA

A "excelência" da medicina cubana e o "humanismo" das FARC

Recebi dias atrás um comentário do professor de medicina da UnB, Marcelo Hermes de Lima que publiquei, mas resolvi visitar seu blog para conhecer melhor seu trabalho. É muito bom, dentro de sua área específica, mas lá para as tantas dei de cara com um comentário que ele fazia sobre a famosa “medicina cubana”, contando a história repassada por uma amiga que tem parentes cubanos. A moça conta que um priminho seu tem problemas de deficiência mental, causados pela negligência médica cubana por não realizar o simples teste do pezinho. Pior do que a negligência foi a mentira descarada em afirmar e reafirmar que haviam realizado o teste e, depois que os pais desse bebê deixaram o maravilhoso “paraíso”, os médicos da Ilha não lhes forneceram o prontuário do bebê para que seus colegas do outro país pudessem avaliar o quadro clínico com mais subsídios. Além de incompetentes, são desonestos na hora de provar a tal “excelência” da medicina cubana.
Fiz este comentário, aparentemente unusual neste blog, porque hoje volto a tocar nesse tema que é propagandeado como um dos “logros da revolução” comunista dos Castro e que tem-se provado mais e mais ser antes um embuste, um crime, uma farsa que tem suas versões pioradas com as mal chamadas “missões”. Uma amiga venezuelana enviou-me ontem o relato de um crime – não de morte – cometido a uma venezuelana pelos tais “médicos” dessas pavorosas missões, que a ditadura da Venezuela importou de Cuba APENAS para manter o regime e ajudar na disseminação da doutrina marxista. Embora tenha voltado a circular hoje, o relato foi feito em 2006 e o fato ocorrido em 2005 mas permanece atualíssimo, uma vez que ocorrências degradantes como esta são recorrentes, em todos os países onde as malditas “missões” cubanas são implantadas.
E o outro monumental desmascaramento de hoje não podia deixar de ser o “humanismo das FARC”. Nos vídeos repassados na última edição os terroristas afirmam com a maior candura e com a “dignidade de uma cristaleira” (magnífica expressão cunhada pelo meu amigo Cel Villamarín!) que querem a “paz” na Colômbia e que, se isto não ocorreu até hoje, é por culpa do malvado e egoísta presidente Uribe que é um belicista, ditador e terrorista de Estado (sic). Bem, leiam os dois textos que traduzi porque não há nada que me dê maior prazer do que trazer à luz as mentiras de comunistas e terroristas, e mais ainda daqueles que os apóiam e fingem ser “democratas”. Não passam todos de reles vigaristas, mentirosos que não merecem qualquer manifestação de respeito ou apoio por parte de quem preza o bem e a verdade. Os créditos das fotos são do site “Cubalsero”. Fiquem com Deus e até a próxima!
Traduções e comentários: G. Salgueiro

Nenhum comentário: